Skip links

A importância de avaliar Human Skills na contratação de talentos em tecnologia

As habilidades digitais têm crescido em demanda além das empresas de tecnologia e fora das funções de TI. Na área de tecnologia, ter pessoas que possuem as habilidades técnicas necessárias e perspicácia estratégica é fundamental. No entanto, assim como qualquer outro trabalho e função, possuir habilidades não técnicas, as chamadas Human Skills, também é importante. Essas são habilidades que transcendem funções, papéis e setores.

Atrair e recrutar candidatos que tenham a combinação certa de habilidades técnicas e human skills não é fácil, muito menos selecionar aqueles que se encaixam na função e podem estar em conformidade com os valores da organização.

De acordo com o relatório IT Score for Sourcing and Procurement da Gartner, embora atrair e contratar talentos seja de alta prioridade para muitas empresas, ainda não existe uma maturidade nos processos. Isso significa que, apesar da imensa importância, as funções de aquisição de talentos de muitas organizações ainda não estão totalmente desenvolvidas nem alinhadas com as prioridades.

Quer as organizações estejam prontas ou não, saber como atrair os melhores talentos em tecnologia, avaliá-los de forma adequada e selecioná-los é fundamental para o sucesso. É por isso que a contratação de talentos em tecnologia é muito mais do que apenas habilidades e a aquisição de talentos adequados para a função fará a diferença.

Por que human skills são cruciais na contratação de tecnologia

No mundo que está se tornando cada vez mais digitalizado, as relações humanas ainda são o coração de tudo o que fazemos. Você pode comprar e investir em qualquer tecnologia que quiser, mas um futuro digital depende das pessoas e de seus esforços – afinal, quem lidera a transformação digital…? Pessoas! não robôs.

Vários talentos devem trabalhar juntos para fazer com que os projetos de tecnologia aconteçam e tenham sucesso. Portanto, você precisa de pessoas que não sejam apenas habilidosas, mas também colaborativas, comunicativas e criativas. Reunir pessoas tecnicamente competentes em uma sala não funcionará se elas não tiverem a capacidade de ouvir as ideias umas das outras nem compartilharem a mesma paixão e motivação.

O relatório Prioridades Principais da Gartner para TI: Visão de Liderança para 2021 mencionou que para acompanhar a velocidade da transformação em tecnologia, ou seja, análises, IA e robótica, as organizações devem se concentrar mais nas competências do que em meros conjuntos de habilidades técnicas. Gigantes da tecnologia como o Google também concordam que o que torna um grande candidato em tecnologia vai além das habilidades difíceis, porque juntas, as habilidades técnicas e não técnicas compõem um trabalho adequado.

E por que isso é tão importante?

É porque:

  1. Habilidades podem ser ensinadas, mas a personalidade não

Você pode ensinar novas habilidades a alguém, mas não pode mudar quem essa pessoa é. Quando você encontrar um candidato que tem a visão certa e a personalidade ideal para a função, mas não tem experiência ou conhecimento técnico em uma linguagem de programação específica, não os desclassifique ainda. Ao dizer isso, não pretendemos descartar a importância de possuir habilidades e conhecimentos técnicos, mas muitas habilidades técnicas podem ser desenvolvidas por meio de treinamentos e cursos no local de trabalho. As organizações precisam assumir o comando e agir como mentoras que nutrem, aprimoram e treinam seus colaboradores, independentemente de seus papéis e funções.

  1. Más contratações em tecnologia podem ser caras

Não subestime o impacto da má contratação na área de tecnologia. Contratar a pessoa errada pode afetar não apenas a equipe, mas também o desempenho da organização. Os candidatos que são inteligentes individualmente, mas não podem trabalhar em equipe, não conseguem se adaptar às mudanças ou são desmotivados e têm menos probabilidade de apresentar alto desempenho.

  1. O fit geral aumenta o desempenho e a produtividade

Quando a personalidade, motivação, experiência e habilidades de um candidato se encaixam em uma função, o colaborador ficará mais satisfeito com o trabalho. Isso acabará por elevar o compromisso e a produtividade. Pense em si mesmo – na posição de candidato – se você for contratado para um trabalho que se encaixa com seu perfil, você se sentirá mais motivado para fazer o seu melhor do que se fosse contratado para um trabalho que não combina com quem você é e o que você pode fazer.

A seguir, explicaremos mais sobre quais são as principais competências que você precisa procurar em seus candidatos de tecnologia e como avaliá-las.

 

“Quando a personalidade, motivação, experiência e habilidades de um candidato se encaixam em um posição, o individuo estará mais satisfeito com o trabalho.”

As human skills essenciais para candidatos da área de tecnologia:

  1. Trabalhar com padrões de alta qualidade – Isso é verdade, não importa qual seja sua demanda de tecnologia e não importa o tamanho da função de controle de qualidade que você possa ter.
  2. Manter boas relações de trabalho – Lembre-se de que o sucesso de um projeto não depende de uma única pessoa. Sempre há vários interessados ​​envolvidos, desde gerentes de negócios, engenheiros, cientistas e fornecedores. A capacidade de ouvir os outros, construir confiança uns nos outros e trabalhar juntos para alcançar o objetivo comum é o que torna um projeto bem-sucedido.
  3. Avaliar criticamente – possui a capacidade de compreender problemas, examiná-los de diferentes ângulos e perspectivas e criar uma conexão lógica entre diferentes ideias.
  4. Saber gerir o tempo – Cada trabalho tem uma coisa em comum: prazos. Saber como e o que priorizar, bem como ser capaz de trabalhar de forma eficiente para cumprir prazos é definitivamente uma grande qualidade para qualquer contratação de tecnologia, já que os empregos em tecnologia geralmente estão relacionados a projetos.
  5. Adaptar-se às mudanças – Nada irá correr bem o tempo todo, mas a capacidade de se ajustar com rapidez e calma às mudanças é indispensável para o sucesso.
  6. Gerar novas ideias – Os candidatos que são capazes de pensar fora da caixa e fornecer soluções criativas certamente são valiosos para qualquer organização.
  7. Tomar decisões rápidas – mesmo as decisões que envolvem alguma forma de risco precisam ser tomadas rapidamente de vez em quando.
  8. Analisar as informações – as informações virão de todos os lugares – gerentes, clientes, dados, solicitações de suporte, concorrentes. Saber quais informações-chave prestar atenção, avaliar e agir é fundamental.
  9. Aprender rapidamente – As maiores organizações de engenharia e performance não ficam paradas. Existem novas tecnologias, formas de trabalhar e técnicas para se adaptar e adotar. Ter uma mentalidade de aprendizagem é fundamental.
  10. Esforçar-se para alcançar – Isso inclui definir metas exigentes e fazer um esforço determinado para alcançá-las ou excedê-las.

Como melhor avaliar as human skills em candidatos de tecnologia

Agora que você conhece todas as competências essenciais para o recrutamento de talentos em tecnologia, precisa saber como avaliá-las de maneira adequada. Use ferramentas cientificamente comprovadas que forneçam percepções precisas e abrangentes sobre seus candidatos, para que você possa tomar as melhores e objetivas decisões. Especificamente, você pode começar com as seguintes dicas:

  • Crie um conjunto de critérios para medir. Existem muitas considerações e fatores-chave no recrutamento de tecnologia que vão desde o que torna um grande talento em tecnologia até o aprimoramento da diversidade. Ao planejar, pense na qualidade que deseja nos candidatos e no que deseja alcançar, e liste suas preferências.
  • Combine a avaliação de habilidades técnicas com a avaliação de soft skills. Medir habilidades em uma linguagem de programação é uma parte, mas não toda a equação ao encontrar pessoas de alto desempenho. Faça uma avaliação de multi-métodos para avaliar melhor seus candidatos. Compare uma avaliação de habilidades técnicas em conjunto com a avaliação de human skills, como avaliações comportamentais, de personalidade e focadas no trabalho.
  • Selecione uma plataforma que acomode uma ampla variedade de avaliações. Ter um único fornecedor para várias avaliações ajuda a cortar custos e aumentar a eficiência. Além disso, também é mais fácil comparar dados. Dados são a capacidade principal de qualquer empresa digital, conectando pessoas, processos e tecnologia, e ter todos os dados de pessoas em uma plataforma o ajudará a tomar as melhores decisões de contratação.

 

“Medir habilidades em uma linguagem de programação é uma parte, mas não toda a equação ao encontrar alto desempenho.”

Contratar talentos em tecnologia que possuam não apenas habilidades técnicas, mas também human skills é importante para o sucesso porque elas determinam melhor se um candidato terá um alto desempenho. A avaliação de várias competências de candidatos fornecerá os melhores talentos. É por isso que as organizações devem implementar uma avaliação de multi-métodos e usar as ferramentas certas que fornecem insights objetivos e precisos.

Saiba mais sobre a solução de contratação de profissionais de tecnologia da SHL que ajuda você a identificar com rapidez e precisão o talento tecnológico mais adequado.

 

Texto original de Sam Whiteman, Leader of Talent Acquisition Solutions da SHL, publicado pela em:
https://www.shl.com/en/blog/the-importance-of-evaluating-non-technical-skills-in-tech-talent-hiring/

Quer saber como a FESA Group pode ajudar a sua empresa? Entre em contato com a gente:





    Conheça nossas marcas:

    Leave a comment