Skip links

Como avaliar uma proposta de mudança de emprego

Mudar de emprego quase sempre é um dilema, principalmente se você já está empregado e recebe uma proposta de outra empresa. Assim como a empresa avalia o profissional quando ele está no processo seletivo, os candidatos também podem e devem fazer uma avaliação mais profunda da empresa antes de decidir ingressar em uma nova oportunidade. Por isso, convidamos Anderson Schemberg, Associate & Partner da FESA Group, para te ajudar na hora de tomar essa decisão.

“É importante lembrar que sobre carreira, não existe certo ou errado, existem escolhas e momentos. A sensação de ansiedade e insegurança até pode surgir quando se pensa em pedir demissão para aceitar uma nova proposta, mas é preciso olhar além e focar nas oportunidades e portas que se abrirão com a decisão. Normalmente o recomendado é avaliar se o desafio proposto está alinhado e aderente com seu propósito e com o que busca como próximo passo de carreira. Muitas vezes a remuneração pode ser atrativa, o cargo pode ser maior e com maiores responsabilidades, todavia, é importante avaliarmos se realizando tal transição, estaremos mais felizes e realizados profissionalmente, mitigando até possíveis decepções. É muito importante realizarmos transições conscientes e aderentes ao nosso momento profissional e pessoal, para conseguirmos extrair o nosso potencial e atuar plenamente. Profissionais que enxergam propósito e realização profissional no que fazem, se mostram mais resilientes e positivos na hora de enfrentar desafios e até mesmo crises como esta que estamos passando”, diz Anderson Schemberg.

Confira os pontos que você precisa avaliar:

Compare as empresas

O primeiro passo é comparar a sua atual empresa com a nova oportunidade. Leve em considerações pontos como:

  • Qual setor de atuação te atrai mais? (Caso sejam de segmentos diferentes).
  • Como a nova empresa está posicionada no mercado em comparação aos concorrentes e a sua empresa atual?
  • Qual é a imagem da companhia perante o mercado e stekaholders?
  • Com qual conjunto de valores das empresas você mais de identifica?
  • A organização vive um momento próspero, de estabilidade ou algo não vai bem?

A ideia é fazer uma análise que considere o cenário macro e micro, considerando as perspectivas futuras, inclusive levando em consideração o setor e a economia, afinal são pontos que irão impactar o seu futuro profissional.

Equipe de trabalho

O ambiente de trabalho e o clima organizacional são fatores importantes de se levar em consideração no momento de aceitar uma nova proposta de trabalho. Afinal, não são raros os casos de profissionais que pedem demissão em decorrência do mau relacionamento com o gestor ou com pares. “Então, antes de ingressar em uma nova companhia, busque informações sobre o perfil do líder direto, dos principais gestores da empresa e de pessoas com as quais trabalhará no dia a dia, o LinkedIn pode ser um excelente canal para essa busca” lembra Anderson.

Plano de carreira e cargo

Talvez o fator mais importante na sua decisão deva ser o plano de carreira que você tem na sua empresa atual versus o que você terá na oportunidade que surgiu. Lembre-se que o agora é importante, mas um ambiente que te proporcione crescimento é fundamental. A pergunta chave aqui é saber qual empresa te colocará mais perto dos seus objetivos, no longo prazo?

Sobre a vaga pense em assuntos como: Qual é o escopo do trabalho? O que se espera do seu futuro cargo em termos de entregas e metas, no curto e no longo prazo? O desafio apresentado lhe parece interessante? Ao responder essas perguntas, pense tanto em habilidades técnicas, quanto nas comportamentais que deverá adquirir nessa nova experiência profissional.

Remuneração e benefícios

Com relação à remuneração, não se limite a avaliar apenas a remuneração fixa e variável. É importante considerar os pacotes de benefícios como divisão de lucros, um plano de saúde extensível aos dependentes legais, carro da empresa, oportunidade de compra de ações da companhia, etc. Avalie também benefícios indiretos, como política de flexibilidade de horário, meritocracia ou promoção, home office, localização da empresa e até mesmo possibilidade de se relacionar com interfaces internacionais.

Em uma proposta de trabalho ainda é possível negociar alguns pontos, como algum detalhe relacionado aos benefícios ou mesmo o pacote salarial. Se você está empregado e a empresa te procurou, você pode estar em uma posição mais confortável para essa negociação. Mas, cuidado, não faça pedidos que fujam da média e práticas do mercado.

Vida pessoal

Último, mas não menos importante, ponto é a sua vida pessoal, afinal, um emprego novo pode requerer mais dedicação em curto e médio prazo e fazer com que você abdique ou adie seus projetos pessoais. O mesmo pode ocorrer ao contrário, se hoje você está em um emprego que te exige uma alta demanda de horas e carga de trabalho, é preciso balancear se na nova oportunidade você terá mais chances de equilibrar sua vida profissional e pessoal, algo essencial para sua qualidade de vida.

Quer saber mais sobre a FESA Group e como podemos te ajudar? Entre em contato conosco:





    Conheça nossas marcas:

    Leave a comment