Skip links

Como ter sucesso na busca por uma nova colocação

Ano novo chegando, é tempo de fazer planos para o novo ciclo que vai começar. E é comum que profissionais reflitam sobre suas carreiras, avaliem o trabalho atual, planejem mudanças para o futuro. Mas colocar em prática esses planos nem sempre é uma decisão das mais fáceis. Procurar uma nova colocação requer muita reflexão, preparação e, acima de tudo, equilíbrio para fazer uma transição segura e sem deixar sequelas no trabalho atual. Aqui no FESA GROUP, o trabalho de recrutamento, avaliação e aconselhamento de líderes nos deu uma vasta experiência na condução de transições bem-sucedidas. Queremos, então, compartilhar isso com você. Veja algumas etapas comprovadas do que você deve ter em mente ao embarcar na busca de uma nova colocação:

Reflita antes de mudar de emprego

É importante fazer uma pausa para obter uma perspectiva sobre sua situação. Por exemplo, se você optou por deixar sua posição atual, tem que estar preparado para explicar o motivo. Você está procurando uma mudança apenas por já estar a um longo período em uma mesma empresa? Há algo particularmente atraente em uma nova área de atuação? De quais experiências em suas funções anteriores você mais se orgulha? Essas perguntas não são meramente uma preparação para entrevistas – saber as respostas o ajudará a avaliar se você está pronto de fato para ir para uma próxima oportunidade.

Prepare-se para o mercado

Se você quer mudar de emprego, precisa se preparar. Após avaliar seu momento atual, trace um plano para preencher seus gaps ou para desenvolver as habilidades necessárias para o próximo passo de sua carreira. Sair do seu emprego, ou começar a buscar um novo, sem estar preparado e sem atender as exigências do mercado pode levar a uma busca sem resultados.

A dica chave, portanto, é investir em cursos rápidos, webinars, leituras, tudo que vá te trazer conhecimento e agregar valor em curto prazo.

Crie uma narrativa atraente

Quer você tenha experiência em vendas ou não, agora você é um vendedor e o produto é você. Você precisa desenvolver pelos menos duas narrativas de apresentação, uma curta, de até 1 minuto, que forneça o básico sobre quem você é e o que procura; e uma versão mais longa, mais detalhada, em que explique suas realizações e competências.

Também é importante que você observe as vagas para as quais está se candidatando e envie CVs customizados que respondam às exigências daquela posição. Assim, você consegue destacar as competências que você desenvolveu e que são mais relevantes para a função a qual está se candidatando, sem tomar o tempo do recrutador com informações menos importantes.

Dica extra: As redes sociais, em especial o LinkedIn, são uma ótima plataforma para contar a sua história. Confira nosso artigo sobre “Como atualizar seu currículo e perfil do LinkedIn”  e destaque o seu perfil.

Envolva-se com as pessoas certas e da forma correta

Entre em contato com Consultores, Headhunters e com os profissionais de Recursos Humanos das empresas que te interessam. Escreva um e-mail, ou um In-mail (mensagem do LinkedIn), personalizado, com seu currículo anexado. Peça uma oportunidade para se apresentar e se colocar à disposição para eventuais posições, mas não fique chateado se esses profissionais não responderem ou tiverem outras prioridades. O importante é abrir esse diálogo e disponibilizar seu currículo. Quando houver uma posição com o seu perfil, as chances de ser lembrado serão maiores!

Quando estiver em contato com um recrutador, compartilhe quais oportunidades e planos de carreira você está considerando, bem como dê uma perspectiva bem transparente sobre seus requisitos salariais, metas e que tipo de cultura será mais adequada para você. Leve essas interações a sério, pois os recrutadores têm uma janela incomparável de relacionamentos no mercado de trabalho.

Construa network: forneça ideias para as pesquisas em que o recrutador está trabalhando, mesmo se ele não tiver um emprego que se ajuste a você no momento. Esse mesmo profissional poderá chamá-lo para outros processos seletivos ou mesmo para trocar informações em relação a outras pesquisas.

Seja protagonista da sua mudança

Se estiver trabalhando e em dúvida sobre que rumo profissional seguir tome cuidado para não perder o foco na atividade atual. Isso pode comprometer o seu desempenho e, consequentemente, as informações que vão prestar sobre você no futuro.

Se você foi despedido certifique-se de permanecer ativo e conectado, enquanto não consegue uma nova oportunidade. Por que não começar um trabalho voluntário que envolva sua área ou até começar seu próprio negócio? Essa é uma ótima forma de você ter um cartão de visita com mais do que apenas seu nome.

Nesse momento também é preciso aprender com os erros. Sempre que tiver uma negativa na busca pelo novo emprego, peça um feedback ao entrevistador e entenda o que fez com que você não continuasse no processo seletivo. Isso te permitirá corrigir a rota e melhorar sua performance na próxima vez.

Quer saber como a FESA Group pode te ajudar? Entre em contato conosco:





    Conheça nossas marcas:

    Leave a comment