Skip links

Líder digital: 03 competências que você precisa ter para se tornar um

A palavra líder é uma das mais usadas hoje no mundo corporativo para se referir as pessoas que estão a frente das equipes. Mas, mais do que uma mudança de nomenclatura, a palavra se refere a uma mudança de comportamento e habilidades esperadas dessas pessoas.

Hoje, se você ocupa ou quer ocupar um cargo desses, não basta apresentar os resultados numéricos, a empresa e seu time esperam muito mais de você. Um verdadeiro líder é conhecido por seus comportamentos e valores, por sua personalidade e pelo trato com as outras pessoas. Além disso, ele deve ser um motor de mudanças dentro da organização em que atua.

Para alcançar esses objetivos, ainda mais na era digital em que vivemos, é preciso ser mais que um líder, você deve se transformar em um líder digital. Os especialistas da Fesa Group listaram 03 competências para ser um desses profissionais, são elas:

1. Data Driven

O termo data-driven quer dizer, em tradução livre, orientado por dados. Só com essa explicação já dá para imaginar o que isso significa na prática, não é mesmo?!

Um líder orientado por dados é um líder que cultiva a cultura de usar continuamente dados e inteligência de negócios para tomar todas as decisões estratégicas. Atuando nesse formato, todo seu setor e membros da equipe têm acesso a uma série de dados relevantes, tornando seu planejamento e ações mais assertivos e, claro, embasados.

Líderes digitais, portanto, precisam maximizar o potencial que só os dados certos oferecem, eles transformam os dados da sua empresa/setor em informação, essa informação em ação e ações novamente em dados.

2. Adaptação ágil

O mundo muda em um segundo, o que era verdade absoluta ontem, hoje já caiu por terra, e isso vale para notícias, informações, dados de mercado, ferramentas e novas tecnologias. Se você quer ser um líder digital deve estar atento a essas mudanças, e mais do que isso, se adaptar rapidamente a esses cenários.

Conheça a fundo seu mercado e esteja em contato com profissionais de outras áreas, isso irá abrir sua cabeça para novas soluções, o benchmark será um grande aliado nessa jornada. Troque experiências também com profissionais mais sênior e juniores, isso de trata uma visão ampla e vai ajudar você a se transformar num profissional disruptivo.

Ferramentas como Webinars, Eventos corporativos e especializado e até mesmo cursos online e presenciais, também serão excelentes apoio para desenvolver essa competência.

3. Comunicação empática e Inteligência emocional

A primeira vista esse tópico pode não parecer muito “digital”, mas a verdade é que a forma como trabalhamos e nos comunicamos mudou, e a comunicação face a face, muitas vezes é substituída por aplicativos de mensagens, videoconferências e pelo bom e velho e-mail, tornando a comunicação uma barreira a ser dominada pelo líder digital.

O líder digital deve se comunicar com mensagens claras, diretas e coerentes e deve fazer uso dos canais digitais à sua disposição para isso, esses canais devem ser vistos como um meio de transmitir sua mensagem e valores. Lembre-se, é em você que seu time se espelha para agir.

E por isso, um bom líder digital deve entender não só de dados e tecnologias, mas também de pessoas.  É super importante conhecer e se preocupar com todas as pessoas com quem você trabalha. É precisamente nessa empatia e/ou inteligência emocional que você pode demonstrar o seu diferencial e onde está a sua vantagem competitiva como líder.

Como você pode ver, o perfil do líder digital é mais completo, com mais funções e responsabilidades dentro das organizações. Não pense que esse é o perfil do líder do futuro, esse já é o líder de agora, e seu papel se torna ainda mais importante quando inserimos o cenário atual em que vivemos, com todas as incertezas trazidas pela Pandemia do Covid-19.

Você quer se desenvolver e aprender mais sobre essas competências? Entre em contato com a Fesa Group e conheça nossos treinamentos para desenvolvimento de líderes e equipes:





Conheça nossas marcas:

Leave a comment