Skip links

Mercado de trabalho, carreira e liderança: o que as mulheres da FESA têm a dizer

O que elas têm em comum? O sucesso! Carreiras bem sucedidas, uma história inspiradora. O mês da mulher chegou, queremos contar aqui a trajetória de quatro líderes mulheres da FESA e, através delas, homenagear a todas as mulheres que trabalham com a gente e a todas que lutaram para conquistar seu espaço no mercado de trabalho em diversos segmentos.


/
Thayanie Ujino
Managing Partner
/
/

/
Barbara Toth
Managing Partner &
CEO FESA Argentina
/

/
Sarah Moreno
Associate & Partner
/
/


/
Tais Cundari
Vice President & Partner
/

/

Está há mais de 15 anos na FESA Group. Mãe de gêmeas, descendência japonesa, construiu sua carreira com muita dedicação e cuidado com as pessoas, sempre sabendo onde queria chegar. Pelo conhecimento que tem do negócio e das relações com o mercado faz parte hoje do Conselho da IIC e AESC.
/
/
Conquistou seu lugar na alta liderança tendo por base o forte conhecimento técnico e paixão por ajudar as pessoas no contexto profissional. Húngara, saiu de casa para estudar na França, trabalhou no Brasil e agora é responsável pelas operações da FESA na Argentina e Coach de muitos CEOs. Divide seu tempo entre o trabalho e o desenvolvimento de sua filha.
/
Representa a “FESA do futuro” com uma carreira construída com competência e dedicação o que a levou a tornar-se sócia em apenas 3 anos de casa. Jovem, casada, hoje lidera uma das frentes mais promissoras do grupo e de todo o Brasil. É um exemplo com sua garra e adaptação ao mundo 4.0.
/
/
/

/
Atua há 24 anos na FESA foi se adaptando e acompanhando as mudanças de mercado. Dedicada e sem medo do novo tornou-se VP de um segmento muito relevante para o grupo. Ela se auto desafia ano a ano mostrando que é possível manter-se motivada mesmo em uma empresa com tantos anos de casa e grande experiência setorial./

Falando de igual para igual

Para todas essas mulheres– como para todas que buscam alçar maiores voos na carreira – vencer desafios é uma constante. No Brasil, apenas 3% das mulheres que trabalham ocupam cargos de liderança nas empresas. Competências? Habilidades? Certamente não é isso que se coloca como o obstáculo a ser superado. “Não acho que haja coisas que homens podem fazer e mulheres não. Acho que têm coisas, como a sensibilidade, que pode ser um diferencial feminino. Mas não devemos separar pelo gênero.  Isso não deve ser uma barreira, nem um motivo para capitalizar em cima, ser valorizada só por ser mulher” diz Thayanie Ujino, Managing Partner FESA Group.

Ela sabe do que está falando. Lembra que, quando assumiu o mercado de seguros era muito nova, em 2011, e seus interlocutores bem mais velhos. “Eu tive que adaptar muito o meu jeito, a minha postura para conseguir que eles me respeitassem, desenvolvi um conhecimento muito forte, assumi uma postura que inspirava muito o respeito deles, o que não era fácil para uma mulher, principalmente uma mulher mais nova”, recorda-se. Se impor através da postura igualitária, mesmo ainda sem ter musculatura para tal, foi fundamental para Thayanie conseguir falar de igual para igual e conquistar seu espaço.

Essa conquista de um mundo ainda dominado pelos homens torna-se tanto mais desafiadora quando se decide ingressar em uma nova carreira. Sarah Moreno passou por departamentos de RH internos de empresas e por um período sabático nos Estados Unidos antes de decidir mudar para área de Executive Search. “Queria estar em um lugar onde recrutamento e seleção fossem parte do core business, onde eu pudesse estar mais próxima da estratégia de crescimento”. Para ela, o ponto mais desafiador da sua vida profissional foi o momento em que decidiu mudar a sua carreira, começando a trabalhar com Executive Search. Sarah começou na FESA como pesquisadora júnior e com um objetivo pessoal muito claro e desafiador: se tornar sócia – o que conseguiu em apenas três anos.

Sarah dá a receita do seu sucesso: gostar do que faz, dedicar-se ao máximo para entregar com excelência, buscar feedback e mentoria de pessoas que respeita. “Colecione feedbacks construtivos, mas não se desanime com falhas ou comentários externos negativos. Defina os seus princípios e objetivos e tenha certeza de que você faz parte de uma organização alinhada a eles”, acrescenta.

Desafios que impulsionam

Crescer junto, aproveitar oportunidades é, afinal, o que todos buscam. Mas a decisão nem sempre é fácil. Tais Cundari conta que viveu uma situação especial quando foi convidada a ser sócia da FESA. “Fiquei muito feliz, mas no primeiro momento com muito medo. Eu só contava com o meu salário para arcar com as despesas da casa, minha filha era ainda pequena, dependia totalmente de mim”, recorda. Superado o medo, passou a enfrentar outros desafios, construiu a carreira vitoriosa superando suas próprias resistências, como ter que lidar com vendas. “Isso me assustou bastante no começo, mas depois eu vi que não era um bicho de 7 cabeças’.

Se os desafios existem para quem vive no seu próprio país, imagine para quem passou por cinco países diferentes, teve de aprender cinco idiomas para conquistar seu espaço de líder. É o caso de Barbara Toth, CEO da FESA Argentina. “Quando cheguei no Brasil não falava português, tentei em vão encontrar algum trabalho e aí decidi que ia fazer por mim mesma”. Barbara diz que nem na França nem aqui – ao contrário da Argentina – sentiu que ser mulher era uma desvantagem. Para ela, o fundamental é ser muito boa naquilo que quer fazer, ter perseverança, alto nível de exigência, tolerância e paciência, saber escutar mais do que falar.

“Quando você sente aquilo que o seu coração manda você vai ser diferente, não olha o que os outros fazem e sim aquilo em que você acredita. Ir atrás do que você realmente gosta, do que dá brilho nos olhos. Eu nunca na minha vida me comparei com homem ou mulher, me comparo comigo, quero ser melhor do que fui no ano passado, há 10 ou 15 anos atrás. Para mim esse é o caminho, os resultados vão chegar”.

São mais do que lições de vida, é inspiração para mulheres que já estão no mercado e para as que estão começando a vida profissional.

Conheça as nossas marcas:

Leave a comment