Skip links

Retomada do setor da construção impulsiona contratação de executivos

O ano de 2020 promete muitos negócios para o setor da construção civil. Dados apontam que o emprego formal na construção civil caminha para o que pode ser o melhor ano no setor desde 2013, como conseqüência da retomada do mercado imobiliário. A propósito, esse movimento já começou em 2019. Só a FESA Executive Search viu quintuplicar o volume de posições feitas, comparado a 2018.

A sócia consultora especialista no setor, Marcela Mendonça, traz um panorama do perfil destes profissionais, bem como as habilidades e competências profissionais que as empresas têm demandado. É só conferir aqui no nosso blog.

O setor da construção civil

Dados apontam que o emprego formal na construção civil caminha para o que pode ser o melhor ano no setor desde 2013, como conseqüência da retomada do mercado imobiliário. Segundo pesquisa do Sinduscon-SP e da FVG, foi criado um saldo de 59,7 mil empregos no país nos 12 meses até setembro de 2019. A título de comparação, neste mesmo período do ano passado, o resultado era negativo em 13,8 mil.

Impulsionada pela recuperação do setor, a FESA Group viu crescer significativamente o número de projetos para seleção e recrutamento de executivos. Somente em 2019, quintuplicou o volume de novos negócios, comparado a 2018. Dentre os projetos há novas vagas, reposições e trocas por perfis mais técnicos e com visão de negócios.

Quem conduziu todos esses processos foi a sócia da FESA e consultora especialista no setor, Marcela Mendonça. “Observamos uma retomada em ritmo forte do mercado imobiliário. Ouvi de um cliente que, nos lançamentos residenciais, em média, em um mês, mais de 50% das unidades são comercializadas, o que mostra o apetite do consumidor em voltar a investir em imóveis. O segmento corporativo também está retomando, ainda que um pouco mais lentamente que o residencial. Por outro lado, os grandes projetos de infraestrutura ainda devem demorar um pouco mais para decolar, embora haja uma expectativa por projetos e licitações nos ramos de energia e portos”.

Perfil das novas posições

Dentre os projetos feitos pela FESA Group no setor da construção houve novas vagas, reposições e trocas de perfis. E dentre as posições, muita diversificação: de Diretor Administrativo e de Estratégia e Gestão a Superintendente de Operação e Comercial.

Marcela observa que a retomada traz de volta a oportunidade de recolocação, mas faz um alerta: “Os bons profissionais que estavam no mercado estão se recolocando novamente, porém, um degrau abaixo do ponto de vista de remuneração. Então isso é um risco para as empresas, que podem ver perder bons profissionais se o pacote de remuneração não for atrativo”.

Competências e habilidades

Um ponto que chama a atenção é que as empresas têm demandado por executivos que tenham mentalidade de empreendedor e visão de negócios, além do conjunto de habilidades técnicas, evidentemente. Isso porque, na opinião da consultora da FESA Group, existe uma mudança de estratégia nas empresas na busca de profissionais que tenham maior conhecimento e profundidade nos projetos e sejam capazes de adaptar estratégias de vendas de acordo com os perfis dos consumidores.

Outra percepção notada pela consultora é que o mercado imobiliário, em especial, tem experimentado outro modelo de gestão de venda. Isto é, trazer do varejo o conceito da ‘experiência’ e atendimento personalizado.

Procurando por serviços de executive search, e talent management? Entre em contato.





Conheça nossas marcas

Leave a comment