Skip links

Soft Skills que todo profissional bem sucedido precisa ter

Com as inovações tecnológicas surgindo em ritmo acelerado, a maioria das pessoas em breve compartilhará seu ambiente de trabalho com bots e sistemas de inteligência artificial. Então, como se manter atualizado e relevante no mercado de trabalho? O primeiro passo é, sem dúvida, criar um compromisso com o aprendizado contínuo. A grande questão é que para além das habilidades técnicas, o futuro do trabalho exigirá profissionais com as chamadas Soft Skills.

A verdade é que o cenário tecnológico resultará em uma proporção maior de empregos que dependem de habilidades sociais, pois esses avanços na tecnologia tornaram as habilidades sociais um diferencial chave no ambiente de trabalho. Um estudo da Deloitte Access Economics, por exemplo, prevê que “as ocupações intensivas em soft skills serão responsáveis ​​por dois terços de todos os empregos até 2030”.

O que são Soft Skills?

Conhecidas também como competências comportamentais, soft skills são as habilidades que se referem à personalidade e ao comportamento de todo profissional. Envolvem aptidões mentais, emocionais e sociais.

Ou seja, elas realmente são competências desenvolvidas ao longo da vida. Por isso mesmo, costuma-se dizer que as Soft Skills não são habilidades fáceis de aprender, já que elas são frutos de experiências pessoais que cada pessoa carrega consigo.

iCIMS Hiring Insights constatou que “94% dos profissionais de recrutamento acreditam que um funcionário com habilidades sociais mais fortes tem mais chances de ser promovido para uma posição de liderança do que um funcionário com mais anos de experiência, mas habilidades sociais fracas”.

Como desenvolver Soft Skills?

As descrições de cargos de hoje geralmente exigem que os profissionais interajam com outras pessoas, gerenciem recursos e até liderem empresas em nível executivo. Mesmo se você tiver habilidades técnicas sólidas, os empregadores avaliarão suas habilidades pessoais, também conhecidas como Soft Skills, à medida que você avança no processo de contratação.

Daniel Goleman, autor do livro “Inteligência emocional: a teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente” fala de algumas maneiras de desenvolver ou fortalecer as soft skills necessárias atualmente:

Além das ações acima, você também pode buscar o apoio de ferramentas, cursos e especialistas para desenvolver suas soft skills. Uma das plataformas que tem como propósito ajudar empresas e colaboradores no desenvolvimento das Soft Skills é a Skillio, nós contamos um pouco mais sobre ela aqui.

Um dos diferenciais da Skillio é que ela te proporciona o conhecimento necessário para preencher os seus gaps, como por exemplo, se você precisa se desenvolver no quesito de Resolução de Problemas, eles te indicam cursos e trilhas focados em design thinking, gestão do tempo e tomada de decisões.

Abaixo, com a ajuda do time da Skillio, listamos as principais Soft Skills, as características dos profissionais que as possuem e quais cursos são indicados para desenvolver esses aspectos.

Principais Soft Skills

Inteligência emocional e Autoconhecimento: A capacidade de entender, controlar e expressar emoções, bem como compreender as emoções dos outros. Para desenvolvê-la, é importante ter empatia, ética e capacidade de trabalhar em grupo. Essa Soft Skill é desenvolvida a partir de todas as outras, ou seja, quando você cria ou se desenvolve nas outras competências, eleva seu nível de autoconhecimento e inteligência emocional.

Resolução de Problemas: Um profissional com pensamento crítico pode sugerir soluções e ideias inovadoras, além de resolver problemas complexos usando o raciocínio e a lógica. Vale lembrar que, embora os dados e as máquinas sejam capazes de processar informações que seriam impossíveis para os humanos, em última análise uma pessoa precisa tomar a decisão final, reconhecendo as suas implicações.
Cursos e materiais para se desenvolver: Design Thinking, Gestão de Tempo, Análise de Dados e Tomada de Decisões.

Comunicação: Uma boa comunicação evita erros e mal entendidos, o que ajuda a manter o fluxo do trabalho. Lembrando que se comunicar não envolve somente saber como e quando se expressar, e sim essencialmente saber ouvir. A comunicação bem feita facilita a criação e manutenção de bons relacionamentos interpessoais no trabalho e fora dele.
Cursos e materiais para se desenvolver:
Técnicas de apresentação, Communication Essentials e Libras.

Colaboração: Trabalhar bem em grupo é essencial para construir um time de alta performance. É nesse momento que temos várias cabeças pensando juntas para um objetivo em comum, os que faz com que as habilidades de cada um se complementem.
Cursos e materiais para se desenvolver: Transformação de Conflitos, Feedback, Trabalho em Equipe, Diversidade, Inclusão e Viés Inconsciente.

Garra: Mesmo nos melhores ambientes de trabalho, por algumas vezes, acontecem situações desafiadoras e/ou inesperadas que exigem muito equilíbrio emocional para que o rendimento e os resultados não sejam afetados. O segredo aqui é gerenciar o estresse sem perder o foco. Saber o momento de respirar e não se agarrar aos problemas, mas sim às soluções e possibilidades.
Cursos e materiais para se desenvolver:
Growth Mindset e Resiliência.

Curiosidade: Ser curioso é o primeiro passo do aprendizado. Exerça sua curiosidade, pergunte, estude e faço disso um hábito. Esse comportamento te deixará mais preparado para encarar desafios e enxergar as situações por diferentes perspectivas.
Cursos e materiais para se desenvolver:
Mindset e Futurologia.

E como inspiração para sua jornada de aprendizagem, Renata Schiavone, Head de Educação da Skillio diz: “Mergulhe no seu autoconhecimento, questione suas suposições e seus pressupostos! Coisas do tipo “não consigo”, “nunca vou aprender” “nem vou tentar”. Se hoje você não é capaz de fazer algo, amanhã você pode conseguir fazer. O mais importante é praticar sempre!”.

Quer saber mais sobre a FESA Group e a Skillio? Entre em contato conosco:






    Conheça nossas marcas:

    Leave a comment