Skip links

A força de trabalho híbrida pós-Covid-19

Artigo escrito por profissionais de RH que atuam em diferentes lugares do mundo traz reflexões sobre as adaptações necessárias para o ambiente organizacional

Trabalho remoto, horários flexíveis, adoção de novas ferramentas de tecnologia e tantas outras adaptações reorganizaram o ambiente organizacional da “era Covid”. De acordo com diversos profissionais da área de Recursos Humanos, a surpresa com os novos tempos ficou apenas pela necessidade de adotar as mudanças de forma mais veloz, já que há algum tempo elas vêm sendo anunciadas.

O modelo híbrido, por exemplo, já vinha sendo discutido nas empresas, mas ainda de forma alternativa e reflexiva. A situação da pandemia trouxe uma urgência de se posicionar e implantar, de uma hora para outra, um modelo de trabalho que garanta em um menor tempo possível, produtividade e segurança à equipe. Um desafio e tanto.

O artigo A força de trabalho híbrida pós-Covid-19, publicado originalmente em inglês no site da Association of Executive Search and Leadership Consultants (AESC), traz uma visão ampla de profissionais de Recursos Humanos que atuam em diversos países sobre temas como o trabalho remoto, horários flexíveis, adoção de tecnologia e outras adaptações da era pandêmica.

A autoria do trabalho é de Thayanie Ujino, Managing Partner da FESA Group, Katja Hanns-Terrill da Odgers Berndtson Frankfurt, Marianne McNamara  da US Coulter Partners – Boston, Jason Murray  da BIPOC Executive Search – Toronto, Nick Robeson da Boyden – London e Annelize van Rensburg, Signium – Johannesburg.

 

Clique aqui e acesse o trabalho em português.

Quer saber mais sobre nossos serviços? Entre em contato com a gente:





    Conheça nossas marcas: